Onde está a outra metade da minha laranja?

Muitos acreditam que nós possuímos uma metade da laranja, ou até mesmo no príncipe encantado. Já eu acredito que isso não exista mais. Estamos em uma geração em que amar de verdade é para poucos, às vezes até me pergunto o que é amar de verdade. Talvez a resposta não possa ser descrita, pois o amor verdadeiro é aquele que se sente.

Amar de verdade, a meu ver, é amar com a alma, amar como se não tivesse amanhã, até mesmo em frente a dificuldades. Mas será que isso ainda existe em uma geração onde “ficam” com várias pessoas em uma festa? A resposta é Sim! Ainda existem pessoas assim. Talvez o segredo delas seja, simplesmente, não precisar de complemento, eles precisam transbordar. São pessoas cansadas de mesmice, e o mesmo amor de sempre! Laranjas completas cansadas de “meias laranjas”.

O que podemos concluir é que as pessoas não querem amar de verdade, pois não são completas. Talvez o único modo para o amor verdadeiro, antes de alguém aceitar você totalmente, é que você se aceite totalmente.

Então vamos nos aceitar e permitir que o verdadeiro amor governe os nossos corações.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *