Ética e violência em debate na Feira da Cidadania

Um dos maiores eventos promovidos pelo Colégio Dom Aguirre, a Feira da Cidadania deste ano, realizada no último sábado, provocou intensos debates entre os estudantes. Com a ética no centro das discussões, eles soltaram a voz em conversas geniais que englobaram cultura do estupro, diversidade sexual, violência policial em manifestações estudantis e muito mais.

“O mundo mudou e algumas pessoas não perceberam isso”, disse Julia, aluna do 1º Colegial B. Isso mostra bem o espírito desta juventude que não abre mão de dizer o que pensa e de lutar para ser o que deseja, independentemente dos padrões convencionais.

No vídeo abaixo, alunos que produziram uma intervenção teatral mostrando várias situações que abordavam decisões éticas ou antiéticas do cotidiano, levam o assunto para o campo do direito à manifestação. Em pauta, a questão: quais os limites éticos da ação policial em manifestações estudantis?

No próximo vídeo, alunas debatem sobre o papel da mulher na sociedade e como a nova geração vai à luta pelos seus direitos. Cultura do estupro, falta representação feminina na política e violência contra mulheres foram temas abordados. Veja:

O último vídeo traz depoimentos sobre a diversidade sexual na escola. Segundo os alunos, é muito mais tranquilo falar sobre o assunto entre eles, embora a sociedade, de maneira geral, ainda considere um tabu. Para eles, falar sobre o tema na escola é fundamental para criar uma geração mais aberta e evitar violência contra a comunidade LGBTO.

 

Para os alunos, a Feira da Cidadania é um dos eventos mais importantes do calendário anual do Colégio Dom Aguirre, já que conseguem expressar o que realmente sentem em relação aos dilemas de sua geração e da sociedade.

feira-da-cidadania-dom-aguirre

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *